Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 20 de outubro de 2016 - 19h34

Lula deve se reunir com parlamentares do PT

Deputados do partido têm conversado sobre possível saída da legenda
O dia exato da reunião de Lula com a bancada ainda não está confirmado / Marcelo Camargo/Agência Brasil O dia exato da reunião de Lula com a bancada ainda não está confirmado Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve desembarcar na próxima semana em Brasília para se reunir com a bancada do PT no Congresso Nacional e tentar conter o movimento de debandada do partido por parte de alguns parlamentares.

 

Como mostrou o jornal O Estado de S. Paulo, um grupo de deputados do PT tem conversado sobre uma possível saída em massa da legenda, diante da grave crise pela qual a sigla passa desde o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) – agravada pelo desempenho ruim nas últimas eleições municipais.

 

Esse movimento, que se intitula "Muda PT", defende mudanças imediatas no partido, entre elas, a antecipação para este ano das eleições para o comando da legenda, previstas para 2017. Há ainda no grupo os que defendem a fusão ou a criação de uma frente com outras siglas de esquerda.

 

Segundo o líder do PT na Câmara, Afonso Florense (BA), o dia exato da reunião de Lula com a bancada ainda não está confirmado. Ele diz que outras figuras do partido, como o economista Márcio Pochmann, também devem ter encontro com deputados para tratar da "conjuntura política e econômica" do país.

 

O primeiro convidado dessa série de encontros foi o ex-ministro Jaques Wagner (PT). O petista se reuniu nessa quarta-feira (19) com deputados do PT no Auditório Freitas Nobre, na Câmara. Segundo relatos, Wagner pediu "calma" aos que pensam em deixar o partido e que evitassem tomar "decisões precipitadas".

 

A fala de Wagner foi considerada importante por parlamentares que tentam conter o movimento de debandada. Isso porque o petista é ligado à "Mensagem ao Partido", corrente interna formada por muitos parlamentares que cogitam deixar o partido.

 

Nas últimas semanas, Lula vem se reunindo com integrantes das diferentes correntes internas do PT para tentar resolver as insatisfações com o partido. Nesta quinta-feira, 20, o ex-presidente se encontra com integrantes da "Mensagem ao Partido" em São Paulo.

 

Leia também:
Lula lidera em todos cenários de 1º turno para 2018
Defesa de Lula questiona relator da Lava Jato