Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 24 de janeiro de 2017 - 08h40

Gandra lidera apostas para virar ministro do STF

Presidente do TST é conhecido por sua firmeza, pela serenidade e coragem
Rigoroso e incorruptível, há anos ministro Ives Gandra (esq.) fez voto de pobreza / Marcos Corrêa/PR/Agência Brasil Rigoroso e incorruptível, há anos ministro Ives Gandra (esq.) fez voto de pobreza Marcos Corrêa/PR/Agência Brasil

O ministro Ives Gandra Martins Filho, presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), lidera as apostas para ser indicado pelo presidente Michel Temer à vaga do ministro Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federa (STF). As informações são do colunista do Metro Jornal Cláudio Humberto. 

 

De acordo com o colunista, o magistrado é muito admirado e conhecido por sua firmeza, serenidade e coragem. Rigoroso e incorruptível, há anos ele fez voto de pobreza. Vive em acomodações da igreja, em Brasília.

 

Leia mais: Temer demonstra preocupação com notícias de sabotagem do avião

 

Ao assumir a presidência do TST, o ministro Ives cancelou projetos e benesses que onerariam os cofres públicos em mais de R$ 1 bilhão.

 

Segundo o colunista, vários ministros do próprio Supremo integram o "fã-clube" de Ives Gandra Martins Filho, como já atestou Michel Temer pessoalmente.

 

Você viu? Boechat: relator da Lava Jato não será indicação de Temer

 

No STF, o ministro Ives poderia dar sequência à sua verdadeira cruzada contra excessos de decisões da própria Justiça do Trabalho.

 

Pegou bem Temer só indicar o novo ministro após a escolha do novo relator da Lava Jato. “Decisão de estadista”, diz um ministro do STF.