Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 20 de março de 2017 - 13h22

Eleições 2018: Fundo público de financiamento não cobre nem disputa pela Câmara

Em 2014, gastos nas eleições dos deputados superou R$ 5 bilhões
Em 2018, número de candidatos entre presidente, governadores e deputados, deve passar de 30 mil / Reprodução/Facebook/TSE Em 2018, número de candidatos entre presidente, governadores e deputados, deve passar de 30 mil Reprodução/Facebook/TSE

O valor de R$ 5 bilhões estimado pelo Congresso Nacional para o fundo público que financiaria a campanha eleitoral de 2018 não cobriria nem mesmo os custos da disputa para deputado federal.

A conclusão é do conselho consultivo do Tribunal Superior Eleitoral, formado para ajudar a corte a discutir propostas para a reforma política, segundo a colunista da BandNews FM Mônica Bergamo.

De acordo com números discutidos no colegiado, só os recursos movimentados pelos 6.178 candidatos a deputado federal em 2014 passaram de R$ 5 bilhões, segundo números oficiais e estimativas de caixa dois.

Leia também:
Padilha tinha 4 senhas para receber caixa 2
'Caixa 2 e corrupção são diferentes', diz Cardozo
Mendes: caixa 2 pode ficar fora de controle em 2018


A previsão é de que, em 2018, o número de candidatos a presidente, governadores e deputados federais e estaduais passe de 30 mil.

Assista: Lula reforça candidatura para eleições presidenciais de 2018