Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 14 de julho de 2017 - 18h30

Cunha fica em silêncio durante audiência na PF

Ex-deputado é investigado por suposto envolvimento em esquema criminoso que fraudava FGTS na Caixa Econômica Federal
Cunha permanece detido em Pinhais, Grande Curitiba / Rodolfo Buhrer/Reuters Cunha permanece detido em Pinhais, Grande Curitiba Rodolfo Buhrer/Reuters

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) compareceu nesta sexta-feira (14) à Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba para ser interrogado no âmbito da Operação Cui Bono. Ele é investigado por suposto envolvimento em esquema criminoso que fraudava os Fundos de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na Caixa Econômica Federal.

A audiência começou por volta das 11h da manhã e durou apenas 15 minutos. Cunha não respondeu às perguntas nem se manifestou sobre o assunto.

Segundo a defesa do ex-deputado, ele não falou porque já existe ação penal em curso na 10ª Vara da Justiça Federal, no Distrito Federal, que apura os mesmos fatos. Assim, Cunha só deverá depor em juízo.

Eduardo Cunha está detido no Complexo Médico Penal em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

 

Leia ainda: 

Moradores reclamam de 'carma' do Solaris

Ministro diz que 'médico tem de parar de fingir que trabalha'

Bahia não tem tornozeleira eletrônica para Geddel