Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 10 de abril de 2012 - 12h00

STF discutirá aborto em casos de anencefalia

Ao menos quatro ministros já se posicionaram pela descriminalização, faltando apenas dois votos para a aprovação
Segundo Mônica Bergamo, Joaquim Barbosa é um dos ministros que apoiam o aborto em casos de anencefalia / Fellipe Sampaio/ SCO/ STF Segundo Mônica Bergamo, Joaquim Barbosa é um dos ministros que apoiam o aborto em casos de anencefalia Fellipe Sampaio/ SCO/ STF

 

Quatro ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) anunciaram que votarão a favor da descriminalização do aborto em casos de anencefalia. As informações são da colunista da BandNews FM, Mônica Bergamo. 

O assunto deve entrar na pauta do STF ainda este mês, possivelmente antes do dia 19, quando Carlos Ayres Britto assume a presidência da corte. 

Segundo a jornalista, os ministros que apoiam a legalização são o próprio Ayres Britto, Celso de Mello, Marco Aurélio Mello e Joaquim Barbosa. Desta forma, faltariam apenas dois votos para aprovar a descriminalização.

O aborto em casos de anencefalia é defendido por movimentos feministas e associações científicas, sob a alegação que o bebê não consegue sobreviver após o parto. No entanto, o procedimento é condenado pela Igreja Católica.