band.com.br

Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 - 10h39

Filme sobre Lula é fracasso de bilheteria, diz ´El país`

O filme não convenceu por vários motivos: os brasileiros gostam de Lula na realidade, na rua, subindo em cima de um palanque, arregaçando as mangas, suando e gritando coisas como ´Vou tirar o povo da merda`
Cena do filme Lula, o filho do Brasil Foto: Divulgação

Após um mês em cartaz, o filme “Lula, o filho do Brasil” pode ser considerado um fracasso de público afirma reportagem publicada nesta segunda-feira pelo jornal espanhol “El País”. Segundo a publicação, o filme "ficou em quinto nas bilheterias na primeira semana e depois foi caindo.”

Para o jornal, o fracasso se deve à imagem "adocicada e pouco realista" do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no filme. De acordo com “El, país”, o presidente, que conta com 82% de popularidade, é admirado pelos brasileiros com seus defeitos e singularidades, não por ser “tão bom” como mostra o longa.

"O filme não convenceu por vários motivos: os brasileiros gostam de Lula na realidade, na rua, subindo em cima de um palanque, arregaçando as mangas, suando e gritando coisas como ´Vou tirar o povo da merda´", afirma o texto.

Campanha eleitoral

Para os militantes e políticos de esquerda, o filme também é decepcionante, diz “El país”, ao mostrar um líder sindical mais pragmático que político,

A reportagem ressalta ainda que o orçamento de US$ 12 milhões foi o maior do cinema brasileiro. Além disso, é observado que o lançamento do filme coincide com o ano em que Lula figura entre os mais populares chefes de Estado do mundo.

O texto observa também que o filme provocou a críticas da oposição, que o acusa de ser parte da campanha para as eleições presidenciais de 2010, nas quais Lula aposta na candidatura da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

Cadastrando-se em nossa newsletter, você receberá diariamente em seu e-mail as últimas Notícias do Band.com.br
Aceito receber e-mails da Band e parceiros