Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 16 de junho de 2017 - 15h20

Cheia: 39 cidades em situação de emergência

Enchentes no Amazonas deixam municípios em emergência e afeta mais de 64 mil famílias no estado
Sete municípios estão em estado de alerta / Divulgação/Defesa Civil Sete municípios estão em estado de alerta Divulgação/Defesa Civil

Trinta e nove municípios amazonenses estão em situação de emergência por causa das enchentes que atingem o estado. A informação é da Defesa Civil estadual. As últimas cidades a entrar na lista foram Codajás e Uarini – na calha do Solimões, Barreirinha – no Baixo Amazonas, e Autazes – na calha do Médio Amazonas.

 

Mais de 64 mil famílias estão sendo afetadas com as fortes chuvas no estado - 120 sofreram com deslizamentos de terra nas cidades de Manacapuru e Tefé. Sete municípios no estado estão em situação de alerta.

 

São eles Urucará, Maués, São Sebastião do Uatumã, Jutaí, Silves, Itapiranga e Manaus. Novo Airão e Borba estão em estado de alerta para enchentes.

 

Mil e quatrocentas toneladas de alimentos estão sendo destinadas para as famílias.

 

Desse total, 500 toneladas já foram entregues a 13 municípios. Mais seis entregas estão em andamento e o próximo atendimento vai contemplar 16 cidades, incluindo as últimas quatro que entraram em situação de emergência.

 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a previsão para os próximos dias no Amazonas é de tempo nublado com pancadas de chuva isoladas.