Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 12 de janeiro de 2018 - 12h58

Ipaam estuda morte de falcão peregrino

Falcão foi encontrado morte em heliponto da capital, mas poderia ter viajado 11 mil km até o local

O Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas (Ipaam) tenta identificar as causas da morte e a origem de um falcão peregrino, encontrado sem vida no heliponto do hospital Francisca Mendes. A ave, considerada uma das mais velozes do mundo, pode ter viajado mais de 11 mil quilômetros até chegar aqui na região.