BandNews FM BH
Nativa FM 103,9
Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 - 11h36

Militar morre durante perseguição policial

Viatura militar capotou e deixou mais dois feridos. Maior ladrão de carros de BH era procurado.
Policiais durante atendimento aos acidentados / Policiais durante atendimento aos acidentados

Um militar morreu durante uma perseguição na noite desta quinta-feira (24), em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.

 

De acordo com a Polícia Militar, o soldado Marcelo Barbosa Martins, de 31 anos, morreu durante a perseguição no bairro São Benedito, a um carro roubado que era conduzido por um dos maiores assaltantes de carro de Belo Horizonte.

 

Durante a perseguição, o suspeito jogou o carro de luxo que conduzia em cima da viatura. O condutor perdeu o controle da direção e a viatura capotou, deixando o soldado preso às ferragens e outros dois militares feridos.

 

Os militares que estavam acompanhando o resgate do colega ficaram apreensivos. Muitas pessoas saíram de suas casas para acompanhar o que estava acontecendo. Os quarteirões ficaram tomados de viaturas. Os bombeiros foram revezando com a equipe do Samu para tentar reanimar o militar. Vários outros policiais tentaram ajudar, mas o soldado morreu ainda no local, mesmo após vários procedimentos de primeiros socorros.  

 

A Coronel Cláudia Romualdo, acostumada com situações adversas, chorou. Ela conversou com o bandido após a sua prisão.

 

“Porque você não parou o carro no momento da abordagem? A partir do momento que você não parou, você assumiu o risco da fatalidade que ocorreu. Amanhã eu vou ter que enterrar um policial meu, que era um homem trabalhador e um excelente profissional”, disse a Coronel.

 

As outras vítimas foram encaminhadas ao Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova onde permanecem internadas.

 

Após o acidente, o suspeito que conduzia o veículo, Leandro Onorato, considerado o maior ladrão de carros de luxo de Belo Horizonte tentou fugir, mas foi preso em uma casa, junto com a namorada, Jaqueline dos Santos. Ele apresentou uma carteira de motorista falsa, com o nome de Rafael Mendes Soares Silva. Ele dirigia um carro de luxo que estava com a placa clonada.

 

A Polícia informou que Leandro Honorato é suspeito de ter roubado pelos menos 50 veículos na Capital e região metropolitana.