BandNews FM BH
Nativa FM 103,9
Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 20 de abril de 2017 - 14h20

Cruzeiro perde, mas garante classificação

Em partida emocionante no Mineirão, Raposa sai de campo derrotada, mas consegue placar suficiente para se classificar

A invencibilidade de 21 jogos do Cruzeiro em 2017 foi quebrada ontem pelo São Paulo. Depois do um primeiro tempo avassalador do tricolor paulista, o time de Mano Menezes até reagiu na etapa complementar, mas não conseguiu evitar a derrota por 2 a 1, no Mineirão. Mas isso é apenas um detalhe. O placar foi o suficiente para classificar o Cruzeiro às oitavas de final da Copa do Brasil, já que na partida de ida, no Morumbi, o clube celeste venceu os são-paulinos por 2 a 0.

 

Agora, a Raposa aguarda seu próximo adversário nas oitavas, que será conhecido hoje, em sorteio que será realizado às 12h. Com a classificação, o Cruzeiro volta a pensar no segundo confronto da semifinal diante do América, no domingo, às 18h, também no Mineirão, pelo Estadual.

 

Muita emoção

 

A postura do São Paulo desde os primeiros minutos de jogo ocasionou inúmeras oportunidades. Sonolento, o Cruzeiro demorou a ‘aparecer’ no duelo até que, de tanto insistir, o tricolor paulista inaugurou o placar. Cueva cruzou na medida para o ex-atleticano Lucas Pratto, que acertou belo cabeceio, sem chances para Rafael. O São Paulo teve a chance de ampliar o placar minutos depois. Pratto, desta vez, arrematou com estilo, mas Rafael, atento, realizou grande defesa e evitou o segundo gol dos visitantes.

 

Com um comportamento diferente na volta do intervalo, o Cruzeiro se atirou ao ataque em busca do empate. E o gol aconteceu após erro do adversário, depois que Rodrigo Caio cometeu falta próxima à área. Na cobrança, Thiago Neves finalizou firme e contou com desvio em Cueva para enganar o goleiro Renan Ribeiro e igualar o placar.

 

O empate não desanimou os visitantes. Avançada ao ataque, a equipe paulista voltou a ficar à frente com Gilberto. Ele recebeu a bola na grande área e, impedido, desempatou o duelo. No fim, o Cruzeiro soube se segurar e, apesar da derrota, comemorou a classificação.