Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 10 de abril de 2012 - 19h10

Protesto de professores reúne centenas em SP

Sindicato anunciou que não vai prosseguir com greve; manifestantes não gostaram da notícia e entraram em confronto com PM

 

Cerca

soas se reuniram, na tarde desta terça-feira, para protestar contra os atuais salários dos professores da rede municipal.  Os trabalhadores organizaram a manifestação na região do Viaduto do Chá, no centro da capital paulista. 

Os professores exigem reajuste salarial dos professores públicos municipais. Durante assembleia com integrantes do Sinpeem (Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo), decidiu-se não levar para frente a paralisação dos trabalhadores. A novidade, porém, não foi bem aceita pelos professores que estavam no centro.

Muitos se revoltaram e encararam a Polícia Militar.  A rua Líbero Badaró ,na altura do Viaduto do Chá, estava interditada até o início da noite de hoje.