Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 - 10h15

Horário de verão termina neste fim de semana

Noite de sábado terá 1h a mais no Centro-Oeste, Sudeste, Sul e DF
Segundo médica, é comum que adaptação do corpo dure, em média, sete dias / Marcus Dall Col/Unsplash Segundo médica, é comum que adaptação do corpo dure, em média, sete dias Marcus Dall Col/Unsplash

Querido por alguns, odiado por outros, o horário de verão termina neste sábado, à meia-noite, quando os moradores dos Estados das regiões Centro-Oeste, Sudeste, Sul e do Distrito Federal deverão atrasar seus relógios em uma hora (veja quadro abaixo).

Assim, a noite de sábado terá uma hora a mais nesses Estados. E, a partir de domingo, é a vez de acostumar o relógio biológico.

Segundo a clínica geral e geriatra do Hospital Edmundo Vasconcelos, em São Paulo, Rossana Maria Russo Funari, é comum que essa adaptação dure, em média, sete dias. Sonolência, enxaqueca, dor de estômago e até alteração do apetite são alguns dos sintomas que podem aparecer nesse período, até o corpo se acostumar de novo.

 

horário de verão

 

O Ministério de Minas e Energia estima que o horário de verão deste ano tenha gerado ganhos de R$ 147,5 milhões ao sistema elétrico e economizado o equivalente ao consumo mensal de energia da cidade de Brasília, com 2,8 milhões de habitantes.

Voos

Quem tem voo marcado para amanhã à noite precisa prestar atenção, especialmente no desembarque.

A Gol informou que vai valer o horário local para o embarque. A Avianca e a Latam disseram que seus bilhetes já foram emitidos com horários adaptados.

Você viu? Verão intenso: Sensação térmica no Rio beira os 50°C