Tamanho de fonte
Atualizado em domingo, 13 de agosto de 2017 - 13h08

Polícia prende suspeito de atirar em turista inglesa

Eloise Dixon foi baleada após entrar por engano com a família em comunidade no RJ
Marido e filhas de Eloise Dixon não ficaram feridos / Reprodução/Facebook Marido e filhas de Eloise Dixon não ficaram feridos Reprodução/Facebook

Uma operação do Batalhão de Ações com Cães (BAC), da Polícia Militar do Rio de Janeiro, realizada no sábado (12), na comunidade Sapinhatuba, em Angra dos Reis, prendeu o homem suspeito de ter atirado na turista inglesa Eloise Dixon, de 46 anos, na semana passada.

De acordo com a assessoria de imprensa da corporação, a polícia entrou em confronto com três criminosos, sendo que dois deles não resistiram aos ferimentos. O terceiro, chamado Jackson, também conhecido como JK e suspeito de ter atirado em Dixon, ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Geral da Japuíba, o mesmo onde Eloise ficou internada após ser atacada.

Junto com os criminosos, foram apreendidos três pistolas, quatro carregadores para armas, um rádio comunicador, duas balanças de precisão, 120 trouxas de maconha e um tablete de um quilo de crack. A ocorrência foi encaminhada para a 166ª DP (Angra dos Reis).

No último domingo (6), a turista inglesa Eloise Dixon foi baleada por criminosos ao entrar por engano em uma favela em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio. Eloise estava indo do Rio para Paraty junto com o marido e seus três filhos, pela Rodovia Rio-Santos (BR-101). A família entrou na comunidade Água Santa após entenderem errado uma orientação sobre o trajeto e estavam procurando um local para comprar água.


Leia mais:
Inglesa baleada em favela de Angra dos Reis passa bem