Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 - 21h58

BA: PM deve apresentar proposta nesta sexta

Assembleia decidiu que renegociará fim da paralisação nesta sexta; governo não deve aceitar reajuste acima de 6,5%
Mesmo com saída de policiais da Assembleia legislativa, greve continua na Bahia / Ernesto Rodrigues/AE Mesmo com saída de policiais da Assembleia legislativa, greve continua na Bahia Ernesto Rodrigues/AE

 

Entidades que representam os policiais militares da Bahia decidiram, no final da tarde desta quinta-feira, que apresentarão uma nova proposta ao governo do Estado nesta sexta-feira. A greve, porém, deve continuar enquanto não há consenso sobre o reajuste salarial dos trabalhadores. 

Na reunião desta tarde a  Polícia Militar decidiu que 14 cidades do interior da Bahia voltarão ao trabalho. Salvador, a capital baiana, ainda permanecerá em greve. 

Veja imagens da greve da PM na Bahia

Lojista: ninguém apareceu para nos proteger

Clima é de insegurança, diz paulistano na BA
  

Governo 

A nova proposta das entidades não deve ser aceita pelo governo baiano, que alega não ter orçamento para um aumento superior aos 6,5% propostos. Outro pedido dos grevistas que não deve ser aceito é o pagamento das GAPs (Gratificações por Atividade policial), que devem ser pagar a partir de novembro deste ano. 

Na manhã de hoje, os policiais militares e famílias que estavam acampados na Assembleia Legislativa de Salvador saíram do local. Porém, eles advertiram que o ato não tinha relação com o final da greve.