Rota liberta homem de tribunal do crime

Segundo a PM, a vítima era apontada pelos criminosos como sendo um pedófilo

Um homem que havia sido condenado à morte pelo tribunal do crime foi libertado pela Rota na madrugada desta segunda-feira, dia 10, na região de Interlagos, zona sul de São Paulo. Treze pessoas, incluindo uma mulher e um adolescente, foram detidas na operação.

Segundo a PM, a vítima era apontada pelos criminosos como sendo um pedófilo. Ele foi encontrado com vários hematomas pelo corpo e foi levado para o Hospital Geral de Pedreira.

Foram apreendidos quatro quilos de pasta base, três tijolos de cocaína, 530 cápsulas de cocaína, 223 porções de maconha, duas balanças de precisão, munições de fuzil, além de facas, marretas, ripas de madeira e fitas adesivas que eram usadas para torturar o suposto estuprador.

Compartilhar

Deixe seu comentário