Polícia dispersa manifestantes pró e contra Lula

Grupos contrários e a favor do ex-presidente estavam na porta do Fórum da Barra Funda, em São Paulo

A polícia usou bomba de gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes pró e contra Lula da porta do Fórum da Barra Funda, na zona Oeste de São Paulo, onde Luiz Inácio Lula da Silva e dona Marisa Letícia dariam depoimento nesta quarta-feira. A declaração de ambos sobre as acusações de ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro foi suspensa por uma liminar do Conselho Nacional do Ministério Público.


A confusão começou no momento em que o grupo contrário a Lula tentou encher o boneco inflável do ex-presidente com roupa de presidiário. Os manifestantes ligados ao PT não gostaram e o conflito começou. Houve corre-corre e algumas pessoas caíram.

 

O ato começou às 6h da manhã desta quarta-feira. Neste momento, a situação já é tranquila, mas a Avenida Abraão Ribeiro segue interditada no sentido do Pacaembu.

Veja como foi a manifestação em frente ao Fórum da Barra Funda, em Sâo Paulo:

 

Você viu essas notícias?

Suposta fraude no Carnaval do Rio é investigada

Serial killer de Goiânia é condenado a 20 anos de prisão

Fósseis de 120 milhões de anos são encontrados em muro no Recife

Assista:

Avião faz pouso forçado em rodovia no interior de SP

Avião faz pouso forçado em rodovia no interior de SPReprodução

Fotos:

Vendedora de pães nigeriana vira modelo

Vendedora de pães nigeriana vira modeloReprodução/Ty Beloo

Compartilhar

Deixe seu comentário