POA: pacientes de hospital são vítimas de golpe

Quadrilha ligava para família cobrando por exames já fornecidos pelo SUS

Pelo menos 50% dos pacientes da UTI do Hospital Cristo Redentor de Porto Alegre foram vítimas de uma tentativa de golpe. A Polícia Federal investiga a atuação de uma quadrilha que liga para familiares dos internados cobrando por exames que são fornecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Com informações do prontuário dos pacientes, os bandidos se aproveitam do desespero das famílias para aplicar o golpe. Só na última terça, familiares de cinco pessoas denunciaram que receberam ligações dos criminosos.

Já no Hospital Ernesto Dornelles, três pessoas pagaram para os bandidos, mesmo tendo convênio particular.

Compartilhar

Deixe seu comentário