Homem mata ex-mulher e mais 11 em Campinas

Filho de oito anos está entre as vítimas; grupo estava em festa de réveillon

Um homem armado invadiu uma casa no Jardim Aurélia, em Campinas, no interior de São Paulo, e matou a ex-mulher, o filho de oito anos e ao menos mais dez pessoas. 

Identificado como Sidney, de aproximadamente 40 anos, o homem estava armado com apenas uma pistola. Segundo testemunhas, ele chegou ao local de carro, pulou o muro e atirou contra 15 pessoas que participavam da festa de réveillon. 

Um dos participantes da confraternização conseguiu pular o muro e acionou e pediu ajuda a um vizinho. Policiais militares então foram acionados e, com ajuda dos bombeiros, encaminharam os sobreviventes para os hospitais.

Dois adolescentes, de 15 e 17 anos, conseguiram se esconder no banheiro e não foram atingidos. 

Os sobreviventes foram encaminhados para os prontos-socorros da Unicamp, da PUC e do Hospital Mário Gattti. Os corpos das vítimas já foram retirados do local. Vizinhos e testemunhas, até agora, não quiseram falar com a imprensa. O atirador se matou em seguida.

A chacina será registrada no 4º Distrito Policial da cidade. Até o momento, não há detalhes sobre a motivação do crime nem identificação do atirador e das vítimas. De acordo com informações iniciais, o suspeito estaria em processo de separação da ex-mulher.  

Veja também:

Atirador vestido de Papai-Noel mata 35 em boate na Turquia

SP: homem mata ex-mulher, foge e sofre AVC

Compartilhar

Deixe seu comentário