Doria pede R$ 20 milhões à Qatar Airways

Prefeito de São Paulo disse que não há previsão de mudança da Lei Cidade Limpa para instalar cartazes na capital

O prefeito de São Paulo, João Doria, pediu R$ 20 milhões à maior companhia aérea do Qatar para reforma e manutenção das pontes das marginais e da passarela de Congonhas. Nesta quinta-feira (16), o primeiro compromisso do prefeito em Doha foi uma reunião com o presidente da Qatar Airways, Akbar Al Baker.

Ao final do encontro, o prefeito disse também que não há previsão de mudança da lei Cidade Limpa para instalação de cartazes com o nome da empresa. Na avaliação do tucano, apenas a publicidade natural do investimento será suficiente.

Doria está no Qatar, para mais uma rodada de reuniões com possíveis investidores. 

Contato com secretário já foi feito

João Doria já ligou para o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras, Marcos Penido, solicitando todos os detalhes do negócio que pretende fechar com a Qatar Airways. Agora, os representantes da companhia aérea querem conhecer todo o projeto antes de tomar uma decisão sobre o investimento. 

Leia mais:

SP: Doria quer conceder parques e planetários à iniciativa privada

Gestão Doria monta site para divulgar doações

Compartilhar

Deixe seu comentário