SP: Doria quer instalar 10 mil câmeras de segurança

Prefeito disse que pretende tornar a cidade a "mais bem vigiada" do país

A prefeitura aposta no monitoramento por câmeras para reduzir os índices de criminalidade em São Paulo. A gestão Doria quer instalar 10 mil equipamentos em toda a capital paulista até o fim do mandato.

Doria pretende tornar a capital paulista a cidade "mais bem monitorada" do país e avalia que isso vai inibir a ação dos bandidos. De acordo com o prefeito, as primeiras 250 câmeras serão instaladas na região do Brás, no centro, a partir de abril.

Ele ressalta que os equipamentos serão monitorados pela PM, numa ação conjunta entre os governos estadual e municipal. O prefeito destaca que também está negociando para que condomínios e empresas participem da iniciativa.

Leia mais:
SP: prefeitura começa a montar jardim vertical
Doria diz que empresa que fraudar a prefeitura será processada
Parceria: Doria emprego a cem moradores de rua no McDonald's

Doria esteve no Parque Ibirapuera, nesse domingo (19), e lançou um projeto de revitalização e ampliação da Praça Ayrton Senna, que fica próxima ao Obelisco. Nesta terça-feira, segundo o prefeito, será publicado no Diário Oficial um acordo com Eletropaulo, Sabesp e Comgás para melhorar a qualidade do asfalto da capital.

Café com Jornal mostra que assaltos afastam frequentadores do Parque do Ipiranga
 

Compartilhar

Deixe seu comentário