SP: Usuários reclamam de estacionamentos do Metrô

Preço aumentou enquanto qualidade do serviço oferecido teve queda

Usuários do sistema que garante estacionamento em estações do Metrô de São Paulo reclamam da alta no preço e da queda na qualidade do serviço.

Desde o início deste mês, o valor diário do bilhete E-Fácil teve um aumento de quase 30%, como constatou a reportagem da BandNews FM.

Criado em 2009 como uma forma de promover a integração entre carro e transporte público, o bilhete tem como principal objetivo desafogar o trânsito na cidade.

Atualmente, duas estações contam com o programa que oferece estacionamento e duas viagens de metrô. Na Santos-Imigrantes, da Linha 2-Verde, o valor passou de R$ 12,95 para R$ 16,60. JánEm Corinthians-Itaquera, da Linha 3-Vermelha, o preço saiu de R$ 10,79 para R$ 13,60.

Comparação


Fora do país, os preços para o mesmo tipo de serviço são muito menores. Em Toronto, no Canadá, por exemplo, estacionar em estações do metrô custa - em média - R$ 5 em horários de pico, mas quem chega depois das 9h30 da manhã para de graça.

Em nota, o Metrô afirmou uma nova empresa passou a operar os estacionamentos em julho e que os preços foram corrigidos para permitir à operadora arcar com a melhoria dos serviços e infraestrutura. 

Leia também:
Metrô lança aplicativo para receber denúncias

SP: Estações da Linha 5-Lilás serão entregues com 1 mês de atraso


Compartilhar

Deixe seu comentário