Uma a cada quatro pessoas foi vítima de assalto em São Paulo no último ano

Crime de roubo ou furto é a situação de violência urbana mais relatada por quem mora na cidade nos últimos 12 meses

O crime de roubo ou furto é a situação de violência urbana mais relatada por quem mora em São Paulo nos últimos 12 meses. De acordo com um levantamento da Rede Nossa São Paulo, divulgado nesta quarta-feira (24), uma a cada quatro pessoas disse ter sido vítima desse tipo de crime nesse período.

Em segundo lugar, aparecem as ocorrências de algum tipo de preconceito ou discriminação, vivenciadas por 14% dos entrevistados. Em seguida, agressão física (8%) e assédio sexual (3%).

A população da região central da cidade é a que mais sofre com esse tipo de ocorrência. Apesar disso, os moradores dessa área apontam que a violência em geral é o que mais provoca medo. Assalto e roubo aparecem em segundo plano — dado que se inverte quando são levadas em consideração as respostas das demais regiões.

A pesquisa foi realizada pelo Ibope Inteligência para a Rede Nossa São Paulo, entrevistando mais de 800 pessoas maiores de 16 anos, entre os dias 8 e 27 de dezembro do ano passado.

Compartilhar

Deixe seu comentário