SP: Polícia Civil apreende 308 celulares roubados no primeiro dia de Carnaval

Aparelhos estavam com um porteiro que é um dos chefes da maior quadrilha de receptação dos celulares roubados da cidade

A Polícia Civil apreendeu 308 celulares roubados e furtados apenas no primeiro dia do Carnaval de rua de São Paulo.

Todos os aparelhos estavam com um porteiro que, segundo os investigadores, é um dos chefes da maior quadrilha de receptação dos celulares roubados da cidade. 

Francisco das Chagas Pereira Macedo, de 45 anos, usava as dependências do trabalho, no bairro da República, como depósito dos celulares. 

Além do porteiro, os policias também prenderam Fernanda Maranhão Arouche, de 27 anos. Ela mora no mesmo prédio em que Francisco trabalha. Também chefe da quadrilha, Fernanda já havia sido presa em dezembro do ano passado com 11 celulares. 

O delegado Mario Palumbo afirma que segue com policiais infiltrados nos blocos para evitar os roubos e furtos de celulares no carnaval de São Paulo. 

Compartilhar

Deixe seu comentário