Sacolinha de plástico causa menos impacto

Segundo o Instituto Nacional do Plástico, um estudo constatou que este tipo de embalagem é melhor e mudança em SP não é vantajosa

A extinção das sacolinhas de plástico nos supermercados do Estado de São Paulo não é a melhor solução para o meio-ambiente, disse o diretor do Instituto Nacional do Plástico, Paulo Dacolina. Segundo ele, um estudo realizado na Inglaterra constatou que este tipo de embalagem é o que causa menos impacto.

SP: clientes levam caixas a supermercados

O fim das sacolinhas é bom ou ruim?

Dacolina acredita também que a população carente terá dificuldades para comprar sacos de lixo para o descarte adequado dos resíduos.

Em entrevista ao jornalista Pedro Campos, no programa Ciranda da Cidade, ele afirmou que a medida, que entrou em vigor nesta quarta-feira na maioria dos estabelecimentos paulistas, vai beneficiar apenas os supermercados.

Compartilhar

Deixe seu comentário