Carro quebra e psicóloga é estuprada em SP

Homem usou uma barra de ferro para assustar vítima e estuprá-la

Uma psicóloga foi estuprada por um homem na Marginal Tietê, via expressa da capital paulista, na noite dessa quarta-feira. Ela estava trafegando quando seu veículo quebrou na pista, nas proximidades da ponte estaiada Orestes Quércia, na região central da cidade.

Segundo boletim de ocorrência registrado no 2º Distrito Policial do Bom Retiro, uma viatura da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) orientou-a a parar o carro em um local com pouco trânsito e aguardar a chegada de um guincho, que seria enviado pelo seguro. Minutos depois, um homem, passando-se por mecânico, ofereceu-se para ajudá-la. A vítima aceitou.

O estuprador disse que precisava buscar uma ferramenta em outro local, que passava por uma viela. A mulher acompanhou-o. O falso mecânico, então, ameaçou a psicóloga com uma barra de ferro e estuprou-a. Ele fugiu logo depois.

A vítima pediu auxílio a uma base da GCM (Guarda Civil Metropolitana), próxima do local do crime. Os policiais levaram-na para o Hospital Pérola Byington, que é referência no atendimento à saúde das mulheres.

Depois do atendimento, a psicóloga registrou boletim de ocorrência no 2º Distrito Policial, no Bom Retiro, próximo à ponte.

Compartilhar

Deixe seu comentário