Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 4 de abril de 2014 - 11h33

Transolímpica vai desmatar Mata Atlântica

Será eliminado o equivalente a 20 campos de futebol

O novo traçado da Transolímpica, corredor expresso de ônibus que vai ligar a Barra a Deodoro, vai desmatar o equivalente a 20 campos de futebol da Mata Atlântica carioca. 

A decisão, em forma de decreto que foi publicado na quinta-feira no Diário Oficial do Estado, foi tomada com base em uma lei federal que permite a supressão de áreas de vegetação em casos de utilidade pública.

Serão quase 20 hectares do bioma, em estágio médio e avançado de regeneração, que serão eliminados. Para compensar a vegetação que será extinta, a Prefeitura do Rio informou que vai fazer o plantio de 40 hectares de espécies do bioma, dentro do Parque Estadual da Pedra Branca.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras, a medida reduzirá de 497 para 25 o número de desapropriações necessário para a obra.

Previsto para ser inaugurado, em 2015, o corredor terá 23km e vai passar por 9 bairros. Em 2011, um relatório da Prefeitura apontou que a metade da região da Zona Oeste, por onde vai passar a maior parte do BRT, é coberta pela vegetação da Mata Atlântica.