Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 14 de julho de 2017 - 18h32

Justiça aceita denúncia contra médica que omitiu socorro

Haydee também teve a suspensão do exercício profissional

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou a denúncia do Ministério Público Estadual contra Haydée Marques da Silva. A médica foi acusada de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Em junho, Haydée se recusou a atender o bebê Breno Rodrigues Duarte da Silva, de 1 ano e 6 meses, na Zona Oeste do Rio. Vítima de uma doença neurológica, Breno morreu cerca de uma hora e meia depois do pedido de atendimento.

 De acordo com a denúncia, a médica recusou a atender a criança alegando que não era pediatra.

O MPRJ também solicitou a suspensão do exercício profissional da médica, com base no Código de Processo Penal.