Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 15 de dezembro de 2015 - 19h05

Servidores protestam por falta de pagamentos

Representantes de diversas categorias garantiram que se os salários não forem pagos, a paralisação vai ser geral
Os manifestantes reivindicam a quitação do salário de dezembro e o pagamento do 13º salário, ambos sem previsão / Mariana Guedes - Band Rio Os manifestantes reivindicam a quitação do salário de dezembro e o pagamento do 13º salário, ambos sem previsão Mariana Guedes - Band Rio

Cerca de 400 servidores públicos estaduais das áreas de saúde, educação e segurança protestaram na tarde desta terça-feira (15), na porta do Palácio Guanabara, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio.

Participam também estudantes da Uerj e da Faetec, que sofreram com o atraso no pagamento de bolsas e greves.

Os manifestantes reivindicam a quitação do salário de dezembro e a segunda parcela do pagamento referente ao 13º, ambos sem previsão por parte do governo do Estado.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), João Luiz Pereira Rodrigues foi um dos participantes. Ele reclamou sobre falta de posicionamento do governo.

“As principais reivindicações são comuns a todos os servidores. Protestamos pela questão do parcelamento dos nossos salários de novembro e o de dezembro, que tudo indica que também vai ser dividido. Além disso, não sabemos quando será pago o 13º salário”, disse.

Luiz ainda afirmou que o calendário de pagamentos de 2016 já é uma preocupação para os servidores. Segundo ele, “há boatos que o Governo pretende transferir o pagamento do segundo para o quinto dia útil”.

No local, representantes de diversas categorias garantiram que se os salários não forem pagos, a paralisação vai ser geral.

Colaboração: Mariana Guedes (Band Rio)