Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 31 de outubro de 2016 - 11h41

Taxa de liberação de veículos rebocados fica 9,8% mais cara

De acordo com a resolução, os valores serão reajustados anualmente
A diária para os automóveis ficarem nos depósitos passou de R$ 62,01 para R$ 68,14 / Reprodução A diária para os automóveis ficarem nos depósitos passou de R$ 62,01 para R$ 68,14 Reprodução

Os motoristas que pararem seus carros em estacionamentos irregulares na cidade do Rio deverão pagar mais para conseguir tirar os veículos dos depósitos da prefeitura.

O ajuste, divulgado em Diário Oficial nesta segunda-feira (31), mostra que a cobrança ganha um aumento de 9,8% na tabela de diária e remoção.

De acordo com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), veículos de passeio e vans passam a pagar R$ 168,67 pela taxa de remoção, antes o valor era R$ 153,48.

A diária para os automóveis ficarem nos depósitos passou de R$ 62,01 para R$ 68,14.

O reajuste anterior ocorreu em setembro do ano passado e foi de 7,8%. De acordo com a resolução, os valores serão reajustados anualmente, tomando por base de correção o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo e Especial (IPCA-e) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para motocicletas, a taxa de remoção de  subiu de R$ 76,73 para R$ 84,32 e a diária foi de R$ 30,99 para R$ 34,05. Já para os ônibus e caminhões, a cobrança salta de R$ 306,98 para R$ 337,37, enquanto a diária que era de R$ 124,05 agora é de R$ 136,33.

Leia também:

Estado prorroga decreto que livra fornecedores de punições