Tamanho de fonte
Atualizado em quarta-feira, 13 de setembro de 2017 - 13h58

Sírio agredido no Rio recebe título de Cidadão Fluminense

Mohamed Ali Kenwy fugiu da guerra no Oriente Médio
Mohamed Ali Kenwy foi vítima de Xenofobia em Copacabana / (Foto: Thiago Lontra/ALERJ) Mohamed Ali Kenwy foi vítima de Xenofobia em Copacabana (Foto: Thiago Lontra/ALERJ)

O imigrante sírio Mohamed Ali Kenwy, agredido em Copacabana no início de agosto, recebeu o título de Cidadão Fluminense.

A cerimônia aconteceu na manhã desta quarta-feira (13) no Plenário da Assembleia Legislativa do Rio. A proposta foi de autoria do deputado Wanderson Nogueira, do Psol.

O objetivo do ato é transformar o título de cidadão fluminense em um símbolo de combate à xenofobia.

Mohamed fugiu da guerra no Oriente Médio para tentar recomeçar a vida no Brasil e foi agredido verbalmente por ser sírio no ponto onde trabalha vendendo esfirras.