Tamanho de fonte
Atualizado em quarta-feira, 11 de outubro de 2017 - 16h45

Nuzman renuncia presidência do COB

Anúncio foi feito pelo advogado do ex-dirigente
Nuzman teve a prisão temporária convertida em preventiva, ou seja, por tempo indeterminado / (Foto: Francini Augusto) Nuzman teve a prisão temporária convertida em preventiva, ou seja, por tempo indeterminado (Foto: Francini Augusto)

Carlos Arthur Nuzman renuncia a presidência do Comitê Olímpico Brasileiro. O anúncio foi feito em carta do advogado dele, Sergio Mazzello, na tarde desta quarta-feira (11).

Nuzman é acusado de tentar atrapalhar as investigações sobre a compra de votos para o Rio de Janeiro sediar a Olimpíada de 2016.

Pelo estatuto, quem assume agora é o vice, Paulo Vanderlei Teixeira. No entanto, os 40 membros permanecem em assembleia para decidir o futuro do COB.

O desembargador Abel Gomes, da Justiça Federal, analisa o pedido de habeas corpus feito pela defesa do dirigente, que classifica as acusações contra o cartola como apenas suspeitas.

Nuzman teve a prisão temporária convertida em preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. O cartola está preso em Benfica, Zona Norte do Rio.