Tamanho de fonte
Atualizado em quarta-feira, 11 de outubro de 2017 - 17h12

ALERJ vota proibição de sacolas plásticas nesta quarta

PL determina a substituição por bolsas reutilizáveis ou biodegradáveis

Sacolas plásticas descartáveis podem ser proibidas no Estado do Rio de acordo com votação que acontece na Assembleia Legislativa do Rio, nesta quarta-feira (11).

Em segunda discussão, o projeto de lei do deputado Carlos Minc, que altera as regras para substituição de sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais, determina a substituição por bolsas reutilizáveis ou biodegradáveis.

De acordo com o projeto, os estabelecimentos ficarão proibidos de distribuir, gratuitamente ou cobrando, sacos ou sacolas plásticas descartáveis, devendo substituí-las em 12 meses, contados a partir da data de publicação da lei, por sacolas reutilizáveis ou retornáveis.

As novas sacolas deverão ter resistência de no mínimo 10 kg, além de serem confeccionadas com mais de 51% de material proveniente de fontes renováveis, e serem de cor verde, para resíduos recicláveis e cinza para outros rejeitos.