Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 16 de março de 2018 - 15h32

Levantamento aponta redução de 20% nos tiroteios registrados

O estudo foi feito pelo aplicativo Onde Tem Tiroteio após um mês de intervenção federal
Na Vila Kennedy, 4 tiroteios foram registrados a mais / Agência Brasil Na Vila Kennedy, 4 tiroteios foram registrados a mais Agência Brasil

Os tiroteios registrados no Estado do Rio durante a intervenção federal, que completa um mês nesta sexta-feira (16), caíram 20%. É o que aponta um levantamento feito pelo aplicativo Onde Tem Tiroteio.

Foram mapeadas 397 trocas de tiros entre os dias 16 de fevereiro e 16 de março, contra 503 entre os dias 15 de janeiro e 15 de fevereiro.

A capital fluminense segue em primeiro lugar com 263 registros, mas apresentando redução de 93 casos. Na sequência, 23 tiroteios foram mapeados em Angra dos Reis, na Costa Verde, contra 69 antes da intervenção.

As favelas do Rio de Janeiro também tiveram índices menores. Nas comunidades da Praça Seca foram registrados 23 tiroteios, enquanto entre janeiro e fevereiro foram 34. Na Cidade de Deus foram mapeados 24 casos a menos, totalizando 20 no período de intervenção.

A Vila Kennedy, que agora recebe patrulhamento diário das Forças Armadas, teve 4 tiroteios a mais, atingindo a marca de 19 confrontos. Durante a estadia dos militares na favela, porém, apenas uma troca de tiros aconteceu, entre uma equipe da Polícia Militar e criminosos.