Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Rádio Ipanema FM 94.9
Canal Você
Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 20 de março de 2017 - 19h50

Morador de rua é assassinado a tiros na Praça da Matriz

Crime aconteceu em um dos horários de maior movimento no Centro Histórico de Porto Alegre
O homem foi morto durante a tarde / Ticiano Kessler/Band RS O homem foi morto durante a tarde Ticiano Kessler/Band RS

Um morador de rua foi morto a tiros na praça da matriz, no Centro de Porto Alegre, no final da tarde da última segunda-feira. De acordo com a brigada militar, foram pelo menos 4 tiros disparados contra a vítima.

 

O homem, identificado com Paulo Ricardo Camargo de oliveira, de 36 anos, era  conhecido na região. Segundo relatos das testemunhas aos polícias, Paulo estava agitado durante o dia, o que pode indicar que o crime foi uma execução.

 

Segundo o Tenente Coronel Amorim, responsável pelo policiamento na região central da Capital, o local é monitorado por câmeras, mas é improvável que as imagens possam ser usadas. “Tem câmeras que estamos verificando. Sabemos que o local está coberto pela árvore, o que dificulta. Todas as informações serão passadas para a Polícia Civil”, disse o tenente coronel.

 

Amorim ressalta também que a Brigada Militar está intensificando o policiamento nesta região, que é conhecida por crimes contra pedestres. Segundo a Brigada Militar, Oliveira havia sido abordado por policiais minutos antes de sua morte. Moradores da região relatam que a violência é diária no local. Segundo a advogada Maria Ângela Fernandes Rodrigues, que mora no Centro e frequenta a praça, o local é tomado por moradores de rua e os episódios de violência são constantes: “A sensação é de insegurança, desrespeito do poder público. Porque a praça não é do cidadão que paga imposto e trabalha, mas sim da bandidagem. Esta não é a primeira morte na praça.”

 

A investigação está a cargo da polícia civil que ainda não tem suspeitos.