Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Rádio Ipanema FM 94.9
Canal Você
Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 14 de julho de 2017 - 08h52

Advogado responsável por lesar clientes tem bens apreendidos

Justiça de Passo Fundo manda apreender honorários de Maurício Dal Agnol

A Justiça de Passo Fundo, no norte do Rio Grande do Sul, determinou a apreensão de honorários do advogado Maurício Dal Agnol. A decisão foi do juiz Alan Peixoto De Oliveira, que também ordenou a expedição de novos mandados de apreensão de bens e valores em relação a oito empresas que tiveram a participação de Dal Agnol no capital social. O objetivo é garantir que os clientes lesados pelo advogado recebam ressarcimento. Ele é acusado de ter firmado acordos com empresas telefônicas e não ter repassado os valores integrais aos clientes. Em 15 anos, cerca de 40 mil pessoas teriam sido lesadas pelo escritório de advocacia de Dal Agnol. Apenas no Rio Grande do Sul, o advogado é réu em centenas de ações judiciais. O juiz Alan Peixoto De Oliveira estima que o valor cobrado nessas ações chegue a R$ 170 milhões, enquanto o patrimônio retido de Dal Agnol não ultrapassa R$ 5 milhões.