Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Band TV
Terraviva
Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 13 de fevereiro de 2018 - 11h49

Cresce 75% em oito anos o número de moradores de rua em POA

A pesquisa foi divulgada em 2016 pela FASC
 / Divulgação/FAS/BandNews FM Divulgação/FAS/BandNews FM

Uma Porto Alegre de uma realidade triste. Basta circular pela Capital para ver moradores de rua a cada metro quadrado.  Pedaços de papelão que viram casa, viaduto que vira abrigo, e até colchão que serve de parede.  A maioria deles prefere não ser identificado ou nem quer conversar.  

 

Mas há exceções. Há 5 anos, o casal de recicladores Roseanilda dos Santos e Edson Barbosa moram embaixo do viaduto Dom Pedrito. Ele morava no morro Santa Tereza e ela vive na rua desde os 12, hoje tem 37 anos. Mas eles também têm sonho. O da Roseanilda é voltar ao convício das filhas. Já Edson acha muito difícil viver em albergues.

 

“Quero reconquistar minhas filhas de volta, é meu sonho”, desabafa Roseanilda. “Albergue tem que chegar muito cedo, e o pedaço da noite é o horário que é bom de trabalhar. Albergue não dá pra nós”, afirma Edson.

 

Situações como essas são cada vez mais comuns. O número de moradores de rua aqui em Porto Alegre cresceu 75% em oito anos segundo um levantamento realizado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

 

A pesquisa foi divulgada em 2016 pela FASC, Vera Ponzio, diretora técnica da fundação, diz que na época foram identificadas 2.115 pessoas em situação de rua. Hoje o número chega a 4 mil. Segundo o ela, o sistema teria que ser mais facilitado.

 

“O desafio é termos uma rede mais ampla que consiga atender as demandas dessa população. Eles nos dizem que querem um abrigo familiar e são poucas vagas considerando o grande número de pessoas que se encontram nessa situação”, explica a diretora técnica.

 

Normalmente eles dizem gostar de viver nas ruas. São 12 equipes de abordagem social parceiras da FASC que trabalham dia e noite conversando com esse público.  A intenção é levar quem vive na rua para albergues de passagem ou abrigos.