Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Band TV
Terraviva
Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 12 de julho de 2018 - 11h52

Nova gestão do Hospital Restinga assume em agosto

Vila Nova deve entregar melhorias na instituição até o final de setembro
Hospital Restinga / Divulgação/Maia Rubim/PMPA Hospital Restinga Divulgação/Maia Rubim/PMPA

Após batalha judicial, a Associação Vila Nova já tem data para assumir o Hospital Restinga e Extremo Sul. As reuniões de transição com o atual gestor, o Moinhos de Vento, já foram retomadas e se encerram com a posse, no dia 21 de agosto.

 

O secretário municipal da saúde, Erno Harzheim, explica os problemas que ocorreram a partir do resultado do processo de concessão. “A instituição que tirou o primeiro lugar entrou com um processo judicial pra interromper o processo judicial. Ganhou num primeiro momento, mas em seguida na ação da PGM fez isso foi perdido. Agora a gente tem o Hospital Vila Nova como a vencedora legítima do edital de chamamento”

 

O secretário destaca as melhorias que serão feitas no Hospital pela nova gestora, a Associação Vila Nova. “Criação de leitos no hospital, de 72 para 110, dos quais 10 UPI’S, ampliação das especialidades ambulatórias, ampliação muito forte na oferta de exames tanto laboratoriais quanto de imagem. Um problema importante que a gente tem na cidade hoje e vai ser resolvido pra toda região sul com esse novo edital. Além da criação do ambulatório de pronto atendimento em traumato ortopedia de segunda à sábado, das 8h às 20h.”, relata Harzheim.

 

O prazo para realização dessas mudanças, conforme o edital, é de 90 dias. No entanto, a Associação promete fazê-las em um mês, a contar da posse, em 21 de agosto.