Tamanho de fonte
Atualizado em sábado, 13 de maio de 2017 - 12h14

Unesp aplica primeira fase do vestibular de inverno

Prova vai selecionar alunos para vagas de de oito engenharias em cinco cidades de São Paulo
 Treineiros: 34,4% dos candidatos farão a prova apenas para conhecer o processo de seleção / Unsplash/Divulgação Treineiros: 34,4% dos candidatos farão a prova apenas para conhecer o processo de seleção Unsplash/Divulgação

Ao todo 11,8 mil candidatos prestam a primeira fase do vestibular de inverno da Universidade Estadual Paulista (Unesp) neste domingo. Eles concorrem a 360 vagas em oito engenharias de cinco campi.

Segundo dados da Vunesp, instituição responsável pelo processo seletivo, as carreiras mais concorridas são Engenharia de Produção, em Bauru (34,9 candidatos por vaga), e Engenharia Civil, em Ilha Solteira (31). Ainda de acordo coma Vunesp, 34,4% dos inscritos são treineiros, ou seja, candidatos que vão prestar a prova como ferramenta de autoconhecimento, sem a pretensão de entrar na universidade.

A prova da primeira fase é composta por 90 questões de múltipla escolha, todas com o mesmo peso. De acordo com Elcio Bertolla, coordenador do Cursinho CPV, o mais importante é acertar o máximo de itens possível. “O aluno que está se preparando para o Enem tem em mente que a qualidade das questões é determinante para o resultado final, já que acertar uma questão difícil e errar uma fácil reduz a nota final; na Unesp é diferente: ele precisa acertar em quantidade”, diz.

Para um bom rendimento, o ideal é que o aluno que encontrar dificuldade em uma questão deixe ela para depois, respondendo as mais simples primeiro.

Quanto ao conteúdo, a Vunesp divide as questões por grandes áreas, sem ter um número fixo de questões por disciplinas. A única exceção é o Inglês, que, historicamente, apresenta sempre 10 questões que exigem interpretação e vocabulário. A prova de língua portuguesa tem 20 itens divididos em gramática e literatura; a área de Ciências da Natureza e Matemática tem 30 itens e a de Ciências Humanas tem outros 30.

Para Alexandre Antonello coordenador do Sistema CPV, essa fluidez na divisão das questões não garante que um bom desempenho nessa prova seja igualmente bom no vestibular do final do ano. “Uma leve mudança dentro de uma área, como o aumento das questões de Matemática e a redução das de Biologia, pode alterar o resultado final”, avisa. Além disso, Antonello lembra que, como o número de candidatos no final do ano é maior, a nota de corte para a 2ª fase também aumenta.

Segunda fase

A segunda fase, com redação e questões dissertativas, será aplicada nos dias 10 e 11 de junho, sábado e domingo, nas mesmas cidades onde é realizada a primeira fase. O resultado do vestibular será divulgado no dia 10 de julho.

Serviço

Horário do fechamento dos portões: 14h
Duração: 4 horas e 30 minutos
O que levar: documento original de identidade, lápis, apontador, borracha, caneta esferográfica azul ou preta com corpo transparente e régua transparente. É proibido o uso de lapiseiras.

Você viu?
Enem 2017 será aplicado em dois domingos