Aníbal agradece votos em prévia de SP e rebate críticas de Doria

Diretor do instituto Teotônio Vilela afirmou que prefeito fraudou compromissos que assumiu ao dizer que terminaria todo o mandato

Um dia depois de o PSDB escolher João Doria como o candidato do partido à sucessão do governador Geraldo Alckmin, o diretor do instituto Teotônio Vilela, José Aníbal, publicou um vídeo em sua conta no Twitter agradecendo os votos recebidos e rebatendo as acusações do prefeito da capital.

"Quero agradecer de coração o empenho e o voto que me deram nessas prévias. Foi uma campanha muito curta, mas usei apenas a palavra. As nossas prévias não tiveram a integridade, a transparência e os debates que seriam tão necessários para criar convergência e unidade", disse Aníbal, que acusou o presidente do diretório estadual, deputado Pedro Tobias, e o secretário-geral, César Gontijo, de conduzir o processo com "atropelo". "É tudo que a sociedade não quer, é tudo que a sociedade abomina nos políticos", comentou.

Sem citar o nome de Doria, Aníbal rebate seus comentários e disse que "não tem fraude no coração". "Ele sim tem fraude no coração, na mente e na ação. Fraudou a vontade dos paulistanos dizendo que iria ficar todo período na Prefeitura. Fraudou os compromissos que assumiu (...) enfim, mostrou que é um gestor inepto, incompetente e um político carreirista".

Ontem, em seu discurso de vitória, Doria mencionou os telefonemas que recebeu dos demais candidatos, Floriano Pesaro e Luiz Felipe D'Ávila, e emendou: "Aprende, Zé Aníbal, a fraude está no seu coração amargurado e odioso".

Aníbal era o único dos quatro candidatos que participaram das prévias que ainda não havia se pronunciado desde o resultado da votação, que consagrou Doria com 80% dos votos. O ex-senador e ex-deputado federal foi o último colocado, com 5,98% das preferências.

Compartilhar

Deixe seu comentário