Homem se casa com filha que havia entregado para adoção

Ao atingir a maioridade, Katie decidiu procurar os pais biológicos e, em apenas um mês, já dormia com Steven Pladl

Um caso afetou a comunidade Knightdale, na Carolina do Norte, após um pai de 42 anos e sua filha de 20 serem presos por incesto.

Steven Pladl e a mulher tiveram Katie, mas por vários motivos decidiram entregar a recém-nascida para a adoção. O casal continuou junto e teve mais dois filhos criados com a família.

Quando Katie atingiu a maioridade, decidiu procurar os pais biológicos e se mudou para a casa deles, segundo o Metro Reino Unido. No entanto, três meses depois da chegada da jovem, o casal se separou. A mulher contou que, em apenas um mês, o ex-marido passou a dormir no quarto de Katie.

Incesto e adultério

Depois disso, a ex-esposa leu o diário de um dos filhos pequenos e descobriu que Katie estava grávida do próprio pai. Além disso, ela soube que Steven começou a pedir aos seus dois filhos que tratassem Katie como uma madrasta, quando na realidade é irmã deles.

Em maio de 2017, o Children's Defense Center entrevistou as crianças após queixas apresentadas pela mãe e, em 29 de novembro, um mandado de prisão foi emitido contra Steven e Katie.

Em 27 de janeiro, os dois foram presos e acusados de incesto na idade adulta e adultério. A fiança de cada um está prevista em US$ 1 milhão.

Compartilhar

Deixe seu comentário