Jornal da Band

A cada hora, cem mulheres são agredidas

Do Jornal da Band

pauta@band.com.br
Sabado, 22 de outubro de 2011 - 19h45       Última atualização, 22/10/2011 - 20h07

Mais de cem mulheres são agredidas no Brasil a cada hora. Para mudar este quadro, especialistas do Rio de Janeiro tentam evitar o problema na raiz. Muita conversa e até futebol são usados para conscientizar os homens.

No Morro dos Prazeres, 42% dos homens entrevistados pela ONG Promundo já praticaram algum tipo de agressão contra as companheiras ou mesmo contra as próprias mães. E mais da metade deles já presenciaram parentes e vizinhos em uma atitude suspeita contra a mulher.

Para tentar diminuir os casos, foi criado um projeto "Sem Violência, Só Prazeres" na comunidade, e o alvo é justamente o homem, para evitar que ele se torne um possível agressor. Junto ao trabalho de conscientização, os homens também têm a oportunidade de jogar futebol.