band.com.br

Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 - 18h38

Homem fica 13 meses à deriva no Oceano Pacífico

Pescador mexicano disse ter bebido sangue de animais e a própria urina para conseguir sobreviver; ele foi resgatado em um pequeno arquipélago
José Iván foi resgatado após 13 meses à deriva / GIFF JOHNSON / AFP José Iván foi resgatado após 13 meses à deriva GIFF JOHNSON / AFP

Um náufrago mexicano foi resgatado após ficar cerca de 13 meses à deriva no Oceano Pacífico. Ele apareceu nas Ilhas Marshall, um pequeno arquipélago, na última quinta-feira, quando foi socorrido por moradores locais.

Nesta segunda-feira, o náufrago foi levado para exames médicos antes de retornar para o seu país.

O homem se identificou como José Iván e declarou que comeu peixes, aves e tartarugas durante sua longa jornada. Ele também disse ter bebido sangue de animais e a própria urina para conseguir sobreviver.

De acordo com Ivan, ele saiu do México no final de 2012 para uma viagem até El Salvador. O barco em que estava ficou danificado após uma tempestade. O colega que pescava com Iván morreu.

Desde então, ele ficou à deriva no Oceano Pacífico.

Cadastrando-se em nossa newsletter, você receberá diariamente em seu e-mail as últimas Notícias do Band.com.br
Aceito receber e-mails da Band e parceiros