Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 - 10h53

UE: viajantes passarão por controle em fronteiras

Medida visa evitar que europeus entrem após terem se radicalizado
Atualmente, apenas os cidadãos vindos de países que não fazem parte da União Europeia são controlados / Facebook/Reprodução Atualmente, apenas os cidadãos vindos de países que não fazem parte da União Europeia são controlados Facebook/Reprodução

Viajantes terão que passar por um controle sistemático nas fronteiras externas à União Europeia, inclusive aqueles originários dos países membros do grupo. A medida visa evitar que europeus entrem no bloco após terem se radicalizado com extremistas no Iraque ou na Síria.

Atualmente, apenas os cidadãos vindos de países que não fazem parte da União Europeia são controlados.

Aprovada por 469 votos a favor, 120 contra e 42 abstenções, a nova legislação estende esses controles aos cidadãos europeus. Além disso, todas as pessoas, independentemente de sua nacionalidade, também passarão por controles ao sair da zona, o que nem sempre se praticava até o momento.

As novas regras devem entrar em vigor 20 dias depois de sua publicação no Diário Oficial da União Europeia. Reino Unido e Irlanda ficam fora do acordo.

Você leu?
Veto a imigrantes pode ter regras reestabelecidas
Torre Eiffel era alvo de jihadistas presos na França