Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 - 20h09

Itália apreende cocaína embarcada no Brasil

Droga saiu do Porto de Santos em navio que tinha como destino a Ucrânia
Cocaína seria desembarcada na Itália / Reprodução/YouTube/Guardia di Finanza Cocaína seria desembarcada na Itália Reprodução/YouTube/Guardia di Finanza

Uma ação das autoridades italianas apreendeu 390 quilos de cocaína no porto de Gioia Tauro, na região de Reggio Calábria, nesta sexta-feira. A droga chegou em um navio que havia zarpado do Porto de Santos, no litoral paulista, com destino final Odessa, na Ucrânia.

De acordo com as autoridades, a droga era "puríssima" e seria desembarcada na Itália. A carga estava dividida em 354 blocos e a venda dela renderia cerca de 80 milhões de euros (R$ 260 milhões).  

"O resultado confirma a validade do percurso de análise operacional que, através de uma série de cruzamentos de documentos e novas descobertas, permitem a individualização de contêineres suspeitos sucessivamente submetidos ao controle", disse o procurador da região, Federico Cafiero De Raho.

A ação foi realizada pelo Comando Provincial de Reggio Calábria e por funcionários da Agência de Aduanas - Escritório Antifraude com a coordenação da Direção Distrital Antimáfia (DDA). Até o momento, as autoridades já conseguiram apreender cerca de meia tonelada de cocaína que chegou ao porto italiano.

O porto de Gioia Tauro é considerado, pelo próprio De Raho, como a "porta de entrada na Itália para a cocaína", já que a região abriga alguns dos pilares de um dos maiores grupos mafiosos italianos, a 'ndrangheta.

Brasil Urgente: Itália estima que 80% da cocaína da Europa saem de Santos


Confira também:
Porto espanhol é uma das entradas de droga na Europa