Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 19 de maio de 2017 - 16h09

Iranianos vão às urnas em eleições presidenciais

Disputa se concentra entre moderados e conservadores
Eleitores chegam em local de votação em Teerã, no Irã / Tima/Reuters Eleitores chegam em local de votação em Teerã, no Irã Tima/Reuters

O Irã realiza nesta sexta-feira eleições presidenciais em meio a uma forte disputa entre moderados e conservadores.

O moderado e atual presidente, Hassan Rohani tenta, a reeleição, mas concorre com Ebrahim Raisi, um clérigo linha-dura que mantém relações próximas ao líder supremo, aiatolá Ali Khamenei.

Outros quatro candidatos foram aprovados para concorrer às eleições. Porém, dois deles desistiram do pleito nesa semana. O primeiro foi o prefeito de Teerã, Mohammed Baqer Qalibaf, que prometeu apoio a Raisi. O segundo é o vice-presidente Eshaq Jahangiri, reformista que desistiu da candidatura para ajudar Rohani.

Com 54 milhões de eleitores, o Irã prevê que o vencedor tenha no mínimo 50% dos votos. Caso nenhum candidato conquiste a cifra, haverá segundo turno. Iranianos que vivem no exterior também podem participar do pleito. Em Milão, na Itália, centenas de eleitores formaram filas para votar em urnas montadas no consulado.

Leia também:
Macron escolhe premiê e se reúne com Merkel