Tamanho de fonte
Atualizado em sábado, 17 de junho de 2017 - 11h16

Destroier dos EUA colide com cargueiro no Japão

Sete marinheiros norte-americanos estão desaparecidos após choque com embarcação filipina
USS Fitzgerald avariado pela colisão / Toru Hanai/Reuters USS Fitzgerald avariado pela colisão Toru Hanai/Reuters

O destroier da Marinha dos Estados Unidos USS Fitzgerald navegou de volta para sua base em Yokosuka, com sete de seus marinheiros ainda desaparecidos após uma colisão com um navio cargueiro filipino mais de três vezes maior que ele a leste do Japão no início deste sábado.

O Fitzgerald, um destroier equipado com mísseis guiados pelo sistema Aegis, colidiu com o navio mercante perto das 2h30 no horário local, cerca de 56 milhas náuticas a sudoeste de Yokosuka, disse a Marinha.

USS Fitzgerald avariado pela colisão
USS Fitzgerald por outro ângulo - Foto: Mass Communication Specialist 1st Class Peter Burghart/Released/US Navy

Três pessoas a bordo do destroier foram removidas por motivos médicos para o Hospital Naval dos Estados Unidos em Yokosuka, incluindo o oficial comandante do navio, Bryce Benson, que está em condições estáveis, segundo a Marinha. Os outros dois estavam sendo tratados devido a escoriações, enquanto outros feridos estavam sendo tratados dentro do navio.

Os esforços de busca e resgate dos sete marinheiros desaparecidos continuavam conduzidos por aeronaves e navios norte-americanos e japoneses, disse a Marinha. Seus nomes estão sendo mantidos em segredo até que suas famílias sejam notificadas, disse a Marinha.

Leia também:
Cerca de 2 mil refugiados são resgatados no Mediterrâneo