Tamanho de fonte
Atualizado em sábado, 17 de junho de 2017 - 17h18

Polícia confirma 58 mortos em incêndio de Londres

Neste novo balanço estão incluídas as 30 mortes confirmadas oficialmente e 16 corpos que já estão no necrotério
Torre Grenfeel ficou completamente destruída / Peter Nicholls/Reuters Torre Grenfeel ficou completamente destruída Peter Nicholls/Reuters

As autoridades britânicas anunciaram neste sábado (17) que consideram mortas as 58 pessoas desaparecidas no incêndio do edifício residencial Grenfell Tower, em Londres, ocorrido na última quarta-feira (15).

Segundo um dos chefes da polícia de Londres, Stuart Cundy, "esse balanço poderá ainda mudar e aumentar. Podem levar semanas ou até meses para identificarmos todos".

Neste novo balanço estão incluídas as 30 mortes confirmadas oficialmente e 16 corpos que já estão no necrotério. "Neste momento, temos 58 pessoas desaparecidas que estavam na Grenfell Tower na noite do incêndio. Infelizmente precisamos admitir que elas estão mortas", acrescentou Cundy.

A primeira vítima formalmente identificada é o refugiado sírio Mohammed Alhajal. Fotografias e vídeos do interior do edifício queimado devem ser divulgados amanhã (18). "Não queremos divulgar nada até que todas as famílias sejam contatadas para manifestar o nosso apoio", ressaltou o comandante.

O prédio, localizado no bairro de North Kensington, foi atingido por um incêndio na madrugada da última quarta-feira. O edifício possuía 24 andares e abrigava cerca de 400 a 500 moradores.

Leia ainda: 

May pede abertura de inquérito sobre causa de incêndio