Tamanho de fonte
Atualizado em domingo, 18 de junho de 2017 - 17h36

Resort de luxo é alvo de atentado terrorista em Mali

Há dois mortos e diversos reféns, segundo a imprensa local

Um resort turístico de luxo, localizado próximo à cidade de Bamako, capital do Mali, sofreu um atentado neste domingo, segundo informou o Ministério da Segurança do país.

 

De acordo com um porta-voz do governo, o local foi invadido por jihadistas que teriam gritado "Allah Akhbar', expressão de cunho extremista islâmico. No entanto, o ataque ainda não foi reivindicado por nenhum grupo terrorista.

 

Segundo publicação no Twitter do Le Joournal Afrique, há pelo menos dois mortos e diversos reféns. Após intervenção das tropas antiterrorismo, cerca de 20 reféns foram libertados

 

O hotel é o Le Campement Kangaba, localizado a cerca de 20 minutos do aeroporto internacional de Mali. O estabelecimento é frequentado por turistas do mundo inteiro. "Forças de segurança estão no local. Campement está fechado e uma operação está em andamento", disse o porta-voz do Ministério da Segurança, Baba Cisse.

 

O resort fica a quase cinco quilômetros do hotel Radisson, que sofreu atentado em 20 de novembro de 2015, quando dois homens fizeram 170 pessoas de refém. 

 

A região do país africano foi controlada pelo Estado Islâmico (EI) em 2012 e recebe ajuda militar da França desde 2013. No entanto, a área continua sendo palco de alguns ataques terroristas e sequestro, principalmente porque a Al Qaeda no Magreb islâmico tem reforçado sua atuação contra as operações francesas antiterrorismo.

 

 

Entenda o conflito em Mali, na África: