Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 11 de julho de 2017 - 19h00

Vinhos brasileiros são destaques em festival no Chile

Presidente dos jurados disse que país soube explorar diversidade climática
22ª edição do concurso aconteceu de 3 a 10 de julho / Divulgação 22ª edição do concurso aconteceu de 3 a 10 de julho Divulgação

Considerado um dos concursos de vinhos com maior prestígio na América Latina, o "Catad'Or Wine Awards", realizado anualmente em Santiago, no Chile, divulgou os vencedores do evento, garantindo um destaque especial para a bebida brasileira.

A 22ª edição do evento, que aconteceu de 3 a 10 de julho, distribuiu sete medalhas de ouro e uma de prata para amostras de vinhos da categoria "espumantes" e "tranquilos" provenientes do Vale do Rio Grande, no sul do Brasil.

Segundo o diretor executivo do Catad'Or Wine Awards, Pablo Ugarte, desde o ano passado, quando a categoria de espumantes foi inaugurada "sabíamos que estávamos frente a um produto de qualidade 'Premium'. O Brasil se consolida como um dos grandes produtores de vinhos da Sul América".

Medalhas e troféus

A Casa Valduga garantiu duas medalhas de ouro com o espumante Gran Extra Brut (2011) e com o Casa Valduga 130 Brut. No ano passado, a mesma vinícula obteve o troféu de "Melhor Espumante do Cone Sul", com o vinho brasileiro Casa Valduga RSV Brut 2012.

Já a Cooperativa Vinícola Garibaldi ganhou uma medalha de ouro com o "Espumante Garibaldi Moscatel" e uma de prata com o "Espumante Garibaldi Brut Chardonnay".

Por sua vez, a Vinícola Gazzaro e seus espumantes "Vinho Branco Espumante Natural Brut Tradicional Gazzaro" e "Vinho Moscatel Espumante Gazzaro" conquistaram duas medalhas de ouro.

O ouro também foi garantido pelas Vinícola Geisse e Cia Brasileira de Distribuição com as amostras dos espumantes "Victoria Geisse Extra Brut Vintage Reserva (2015)" e "Club Del Sommelier Espumante Nacional Moscatel (2017)" respectivamente.

Para Sergio Correa, presidente do corpo de jurados internacional do evento, o "Brasil, país com diversos climas, soube explorar os melhores vales que possuem e se adaptou com grandes cultivações em diferentes regiões produzindo vinhos espumantes distribuídos para o mundo consumidor", enfatizou.

Veja também:
Gastronomia: saiba harmonizar vinhos com diversos pratos
Além de vinhos e espumantes, uva é base para cosméticos