Casal Obama acerta acordo milionário com editora

Valores dos direitos autorais dos livros devem superar 60 mi de dólares

Michelle e Barack Obama escolheram nesta semana que os dois livros que serão escritos por eles serão publicados pelo grupo Penguin Random House. A decisão colocou fim a uma longa disputa entre as editoras dos Estados Unidos.

Os valores dos direitos autorais das duas obras ainda não foram anunciados oficialmente, mas especialistas acreditam que deverão passar dos US$ 60 milhões (cerca de R$ 186 mil).

Alguns executivos de editoras concorrentes afirmaram que os preços iniciais apenas para os livros dos Obama variavam entre US$ 18 milhões e US$ 20 milhões. Na noite da última terça-feira (28), a Penguin Random House divulgou em uma nota que publicará os dois livros de Barack e Michelle, mas não informou quais serão seus assuntos ou seus títulos.

Você viu?
Barack Obama pratica kitesurfe durante férias
Michelle Obama será convidada em MasterChef

A editora Crown, que pertence ao grupo, já publicou dois livros escritos pelo ex-presidente norte-americano, "Dreams for My Father" e "The Audacity of Hope", e outra obra escrita pela ex-primeira-dama, "American Grown: The Story of the White House Kitchen Garden and Gardens Across America".

A Penguin Random House também pretende doar mil livros de Barack e de Michelle às organizações First Book e Open eBooks.

"Com suas palavras e sua liderança, [os Obamas] mudaram o mundo, e todos os dias, com os livros que publicamos na Penguin Random House, nós queremos fazer o mesmo", disse o CEO do grupo, Markus Dohle, na nota. "Agora, nós estamos esperando muito para trabalhar junto ao [ex-] presidente e à senhora Obama para fazer dos livros deles eventos editoriais globais de alcance e significância nunca antes vistos", concluiu Dohle.

Veja também: Conheça a vila onde Obama é idolatrado

Galeria: As imagens da primeira visita das filhas de Obama à Casa Branca

Compartilhar

Deixe seu comentário